Rádio Criciuma

Rádio Criciúma

Colunistas
 
Colunistas > Dante Bragatto Neto > Inclusão social? * No conto do caseiro * Secretaria Regional de Criciúma: Briga de Egos! * Empresários reúnem-se para discutir missão ao Canadá e Irã


03/04/2006
Inclusão social? * No conto do caseiro * Secretaria Regional de Criciúma: Briga de Egos! * Empresários reúnem-se para discutir missão ao Canadá e Irã
Inclusão social?
Quando escutamos este terma “inclusão social” vem a nossa mente que estamos buscando aqueles que estão excluídos de algum meio para poder ser igual diante a todos que têm oportunidades. E isso pode ser em vários aspectos, como na tecnologia, mercado de trabalho e no ensino. Este último está relacionado a levar para as escolas crianças com potencial de aprendizagem, porém que detém de alguma dificuldade física. Alguns são surdos-mudos (o que está fazendo com que professores aprendam a linguagem das mãos) e outros têm problemas de locomoção. Precisam de cadeiras de rodas para poder chegar a qualquer destino de sua vida. Tudo bem, a equipe de profissionais está fazendo a sua parte. Professores estão fazendo cursos e se atualizando para poder receber estes jovens. Mas e o Poder Público? Será que está preocupado com a “inclusão social?” Ao menos em Içara isso está ainda um pouco distante. Com um trânsito de primeiro mundo – já que possuí sinaleiras espalhadas por todos os cantos da cidade – ainda tem escolas sem acesso para estes pequenos que podem estudar em uma escola “normal”. E um exemplo deste fato está em uma escola localizada na comunidade de Sanga Funda, que fica na rodovia SC-444, em direção ao Balneário Rincão. Um menino não tem como entrar na escola, por quê? Faltam rampas de acesso, no banheiro masculino não tem um sanitário especial para portadores de deficiência, e as portas da escola são muito estreitas. Para que ele não ficasse perdendo aulas, uma cadeira foi improvisada para a criança. Professores e colegas de turma são obrigados a carregar o menino em uma cadeira de sala de aula (comum) quando ele precisa ir ao banheiro, na hora do recreio. Enfim, que tipo de “inclusão social” é esta que ainda faz com que alguém que deveria estar se libertando da dependência alheia ainda continue na necessidade da caridade de alguns poucos amigos? Não podemos virar a cara para o outro lado e fazer com que isso se torne um caso isolado, porque não é! Temos que ter soluções rápidas, para que estes jovens, que já sofrem com as suas deficiências, possam participar tranqüilamente de uma “sociedade normal”. Pense nisso e vamos fazer uma grande semana!

Foto: WikiemidiaE a “Era Palocci” caiu no conto do caseiro
Pressão de todos os lados. Um verdadeiro bombardeio desenfreado aniquilou com um dos homens fortes do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Nada foi capaz de fazer com que a armação fosse evitada. Afinal, o que tem de melhor no País neste momento? Bingo: A ECOMONIA! E como acabar coma uma pré-candidatura a reeleição? Bingo: DESTRUINDO SEU PRINCIPAL MÉRITO. No caso, derrubar o ex-ministro da Fazenda, Antônio Palocci. O que a cúpula do Partido dos Trabalhadores pecou – foi bisbilhotar e deixou um grande rabo para trás. Afinal quebrar com o sigilo bancário sem uma determinação judicial é contravenção da lei, mesmo que a conta seja de um caseiro desempregado que recebeu R$ 38 mil de um “pai rico” que se comoveu com a pobreza do pobre filho bastardo. Coincidências a parte, ao invés de meter o bico onde não era chamado, por que então não pediram para a Justiça fazer a sua parte e quebrar o sigilo do pobre coitado? Não, passar por cima da lei é ilegal. O legal é ver os “Severinos Cavalcantes” soltos nas ruas, os “Robertos Jeffersons” se fazendo de vítima e herói nacional – como defensor da ética e moral brasileira. Que moral? De ver um Congresso corrompido? Então vamos fechar o parlamento! Pronto, nossos problemas estariam todos resolvidos. Ou não? Nossa, a cada dia que passa, e quanto mais eu leio a Veja, mais acéfala em política eu vou ficando! Chega de sensacionalismos baratos. Ações concretas: cortem a cabeça dos ladrões, sacrifiquem os corruptos, agora vamos parar de blá-blá-blá, porque está novela está longa demais, e se não me engano a Rede Globo já tem uma quentinha para o lançamento: “O Impeachment do Presidente Lula”. Aguardem, esta é a nova novela das 20h15min, e pode ser acompanha todos os dias no Jornal Nacional.

Secretaria Regional de Criciúma: Briga de Egos!
Onde vai parar esta confusão armada com as desincompatibilizações de 15 secretários Regionais do Estado ainda vai dar muita dor de cabeça para o peemedebista Eduardo Moreira, que assume o Governo do Estado até o fim do ano. E a disputa está maior em Criciúma, menina dos olhos de Moreira. Por enquanto Gentil da Luz – atual diretor da Regional – está de forma interina até que o fogo seja apagado e das chamas surja um salvador. Salvador esse que os presidentes do PMDB da Amrec apostam ser o ex-prefeito de Morro da Fumaça, Claudionor Vasconcelos. Dos onze municípios, nove – segundo a ala do fumacense – já prestaram apoio a Vasconcelos. Mas, Criciúma não vai querer deixar escapar esta vaga tão importante e que é um trampolim e um grande currículo para um político que deseja alçar vôos maiores. Então, vamos ver o que Eduardo Moreira irá resolver. Esperamos que toda esta briga por um cargo não venha influenciar nos trabalhos da Regional, pois quem será mais prejudicado é o povo. Como sempre!

Nosso astronauta de mármore!
A lua inteira agora é um manto negro
O fim das vozes no meu rádio
São quatro ciclos no escuro deserto do céu
Quero um machado prá quebrar o gelo
Quero acordar do sonho agora mesmo
Quero uma chance de tentar viver sem dor
Sempre estar lá, e ver ele voltar
Não era mais o mesmo, mas estava em seu lugar
Sempre estar lá, e ver ele voltar
O tolo teme a noite como a noite vai temer o fogo
Vou chorar sem medo, vou lembrar do tempo
De onde eu via o mundo azul
A trajetória escapa o risco nu
As nuvens queimam o céu, nariz azul
Desculpe estranho, eu voltei mais puro do céu
Na lua o lado escuro é sempre igual
No espaço a solidão é tão normal
Desculpe estranho, eu voltei mais puro do céu
Sempre estar lá, e ver ele voltar
Não era mais o mesmo, mas estava em seu lugar
Sempre estar lá, e ver ele voltar
O tolo teme a noite como a noite vai temer o fogo
Vou chorar sem medo, vou lembrar do tempo
De onde eu via o mundo azul. (Nenhum de Nós)

Uma música para o nosso grande homem que está em órbita. O primeiro astronauta brasileiro abre uma nova porta para o País. Agora estamos em uma das alas mais importantes da ciência mundial, que pertencia apenas a algumas nações. Mas, como não tem como agradar gregos e troianos, sempre tem algum chato de plantão para reclamar. Sociedades de ciências brasileiras acham que o investimento realizado para a viajem do nosso grande herói – cerca de R$ 10 milhões – é muito caro! Caro? Para mim caro é instalar em todas as escolas públicas do país um sistema eletrônico de controle de entrada e saída de alunos, o que irá custar para o Ministério da Educação o valor de R$ 450 milhões. Isso sim é caro, e vamos analisar a prioridade disso. Será que é tão importantes uma tecnologia de última geração em escolas com goteiras, ou então, mostrar para o mundo o potencial científico nacional? Acho que o investimento é muito pequeno diante do progresso que teremos com este merchandising. Acredito que temos que parar de ser provincianos e olhar para o futuro, e não criticar o avanço, e sim se adaptar a ele. O que é tão complicado para uma população que ainda é de desdentados. Salve o Brasil!
Quem é o nosso astronauta: Natural de Baurú (SP), Marcos Cesar Pontes, é Mestre em Engenharia de Sistemas graduado pela Naval Postgraduate School (Monterey, Califórnia). Ingressou na Academia da Força Aérea em 1981, permanecendo nos Esquadrões de Caça até 1988. É engenheiro aeronáutico, formado pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Atuou como piloto de provas e oficial de segurança de vôo, pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), do Comando da Aeronáutica, no período de 1994 à 1996. Clique aqui para saber mais sobre Pontes.

Empresários reúnem-se para discutir missão ao Canadá e Irã
A ACIC Associação Comercial de Criciúma realiza nesta terça-feira (04 de abril), às 19 horas, na sede da ACIC, a reunião que discutirá a missão ao Canadá e Irã, promovido pelo Governo do Estado e Secretaria de Articulação Nacional. A missão acontecerá de 23 de abril até 05 de maio, com o objetivo de aprofundar as relações entre o poder público dos dois países, facilitando o acesso aos mercados e possibilitando formação de parcerias e acordos bilaterais, além disso, serão realizadas visitas a empresas de setores produtivos e de serviços, rodadas de negócios, prospecção de investimentos estrangeiros no Brasil e conhecimentos de novas tecnologias. Os empresários interessados devem entrar em contato na ACIC com Janaina ou Roseana pelo 3461-0908 ou pelo e-mail acicri@acicri.com.br.

Campanha salarial
A Direção Regional Sul do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina convida a todos profissionais a comparecerem no dia 04 de abril, terça-feira, às 13h30, no Auditório II da Acic para a provação da proposta salarial 2006/2007. O Sindicato dos Jornalistas também está fazendo uma campanha para a sindicalização dos profissionais da área em todo o Estado. Esta é uma maneira que a entidade encontrou para buscar recursos para poder dar continuidade a vários projetos, e um deles é a regionalização do Sindicato, onde cada região terá um braço da entidade para poder atender aos profissionais que precisarem. Aqui também vai o toque do Sindicato: muitas denúncias de falsos jornalistas estão chegando aos caminhões para o Sindicato dos Jornalistas, e isso é sinal de que muita coisa vai mudar na região. Estamos de olho!

Festas na região
Festa da 9ª Fase de Direito da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc). Evento será na boate 1051, no dia 06 de abril. E vai contar com as seguintes atrações: DJ Ney Lopes; DJ Renato Transamérica e Banda Speed Love. Ingressos com os alunos de direito.

Feliz aniversário!
Hoje que está completando mais um ano de vida é a nossa amiga Daniela Niero. Por quatro anos a jornalista ocupou a vaga de repórter policial no Jornal da Manhã. Agora deu uma guinada em sua vida e está trabalhando na Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Criciúma – que por sua vez não existe e precisa de um carinho especial do executivo e do legislativo para a regularização do setor. Mãe de Malu e esposa do “Guerenso” (delegado Carlos Emílio – fanático pelo Figueirense), ela é uma pessoa que tem um gênio muito forte, mas um coração enorme. Minha amiga, te desejo toda a felicidade do mundo. E vejo que ele está conspirando para que tudo dê certo para você. Vou estar aqui sempre torcendo pelo seu sucesso. Amo-te muito! Beijos da amigona!

Taize e Eu
Deus sabe o que faz!

Foram seis meses de afastamento de tudo. Trabalho, amigos, do mundo. Um tempo que me fez ver a vida com outros olhos e vi que ela tem outras cores, outras formas, outros amigos. Vi o quanto é importante estarmos atentos aos pequenos detalhes que perdemos com o dia a dia, como ter um cão, apreciar uma novela idiota na TV, comer porcaria sem medo de engordar, ler um bom livro – e muita terapia (risos). Mas uma coisa muito importante eu consegui identificar nisso tudo: EU SOU A MAÍRA! E isso não tem como mudar. Agradeço todos os recados e carinhos prestados nestes últimos dias. Sei que muita gente está torcendo pelo meu sucesso, e também sei que têm aqueles que torcem pela minha queda. Mas, Deus sabe o que faz, e ele está fazendo a coisa certa. Gostaria de agradecer a força da minha amiga, a jornalista Taize Pizoni, que não deixou a peteca cair e tocou a coluna Nova e Atual durante este período. Hei, dono da Rádio Criciúma, dá uma canja para ela no site (quem sabe uma coluninha – risos). A você Taize, meu muito obrigada, que expresso na foto ao lado. Sei que terá um milhão de gente falando, mas um beijo amigo ninguém poderá roubar da gente. E eu, amo-te. Obrigada! E não poderia de deixar de destacar o importante papel da minha família neste processo. Minha mãe Édina, meu pai Jorge e meu irmão Júnior. Meu noivo Dener, que abriu mão de muitas coisas de sua vida para poder estar ao meu lado. E a minha psicóloga e amiga Sheila Nogueira, que não me deixou em nenhum momento sem ajuda ou explicação. Ah, e a Pantufa (minha cachorrinha), que ganhei bem neste período. Ela foi uma terapia importante para a minha recuperação. Deus, obrigada por vocês existirem!

Para refletir!
“Concientize-se de que você é dono do SEU tempo. De que PODE fazer dele o que bem entender. Em total liberdade”. (A Vida é Bela, Dominique Glocheux, 2002).

Contato com a colunista:
E-mail: mayborges@hotmail.com



(O site Rádio Criciúma.com.br não se responsabiliza pela publicação de textos e/ou imagens assinados em "Colunistas" ou outras páginas do site, sendo seus titulares ou autores os únicos responsáveis).

 
   

home | notícias | artigos | colunistas | livro de visitas | vídeos
anuncie | aovivo | cadastre-se | galeria de fotos | cidades
classificados | quem toca aqui

Copyright © 2014. Todos os direitos Reservados

Classificados
O que você procura?
Webcam Ao vivo
imagem da webcamClique para ver ao vivo, imagens da nossa webcam.