Rádio Criciuma

Rádio Criciúma

Estudantes protestam no Senado exigindo renúncia de Sarney
Política - 16/07/2009 - 17h54min

Brasília - Um grupo de estudantes universitários fez hoje (16) à tarde um protesto no Senado, pedindo a renúncia do presidente da instituição, José Sarney (PMDB-AP). O senador não se encontrava no local na hora da manifestação.

Aos gritos e vestindo camisetas que, juntas, formavam a frase Fora Sarney, cerca de 30 estudantes pediram a renúncia do senador, alvo de denúncias de envolvimento em irregularidades no exercício do cargo. Uma das acusações é de desvio de recursos públicos distribuídos pela Petrobras à Fundação José Sarney.

Um dos manifestantes, o estudante de ciência política João Francisco Araújo, disse que o movimento é suprapartidário, composto por cidadãos comuns indignados com a atual crise do Senado. Citando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o estudante classificou o Senado de "casa de pizzaiolos".

O grupo também exige a destituição da atual Mesa Diretora do Senado e defendem uma renovação política. no Legislativo Para João Araújo, não há mais dúvidas quanto à responsabilidade de Sarney e da Mesa Diretora em relação às denúncias.

“Queremos a renúncia do Sarney, um símbolo de toda esta corja que o sustenta. Sarney, hoje, é só uma expressão do poder do [senador por Alagoas e líder do PMDB] Renan Calheiros e da atual Mesa Diretora, que está toda envolvida”, afirmou o estudante. “Não dá mais para ficar no acordo de bastidor para manter um mínimo de governabilidade, o que se alcança com a legitimidade perante os eleitores.”

Segundo Rodrigo Pilha, também estudante de ciência política, o protesto de hoje foi o primeiro de uma sério que o grupo pretende realizar. “O PMDB está tentando abafar o caso Sarney, jogando com o recesso [parlamentar, que, oficialmente, começa neste sábado] com a esperança de que as coisas esfriem. Vamos continuar com a mobilização. No dia em que o Senado reabrir, faremos outros protestos. Se não aqui dentro, na porta do Congresso”, acrescentou.

Pilha disse que pessoas indignadas com os últimos escândalos relacionados ao Congresso Nacional começaram a se organizar por intermédio do microblog Twitter, há cerca de três semanas, e que, a partir daí, surgiu a ideia de organizar um movimento semelhante ao que pedia a saída do então presidente do Senado, Renan Calheiros. O grupo pretendia realizar um protesto na última terça-feira (14), mas foi surpreendido pela suspensão da sessão ao chegar ao Congresso.

Um dos manifestantes, que vestia uma camiseta com a letra S, do nome de Sarney, foi barrado pela segurança ao chegar ao Congresso, não conseguindo se reunir aos outros estudantes que, por precaução, entraram em pequenos grupos. No decorrer do protesto, com os manifestantes já do lado de fora do Congresso, houve um princípio de bate-boca, quando os policiais impediram o grupo de gritar palavras de ordem em frente ao local reservado ao desembarque dos parlamentares.

(Alex Rodrigues, Repórter da Agência Brasil)





Últimas notícias
31/10 - Educação
Agora é oficial: Unesc é uma Universidade Comunitária (Fotos)
31/10 - Comunidade
Computador usado e em bom estado é bem-vindo no Bairro da Juventude
31/10 - Polícia
Fim do mistério: Adolescente que estava desaparecida avisa que está bem
30/10 - Política
CPI da Unesc: Vereadores conversam com promotor sobre o andamento dos trabalhos
30/10 - Geral
Lei que regulamenta publicidade ao ar livre é discutida na CDL de Criciúma (Foto)
» Mais Notícias

home | notícias | artigos | colunistas | livro de visitas | vídeos
anuncie | aovivo | cadastre-se | galeria de fotos | cidades
classificados | quem toca aqui

Copyright © 2014. Todos os direitos Reservados

Classificados
O que você procura?
Webcam Ao vivo
imagem da webcamClique para ver ao vivo, imagens da nossa webcam.